sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

BOI DA CARA PRETA


APRESENTAÇÃO DA CANTIGA DE NINAR “BOI DA CARA PRETA” EM PAPEL PARDO:


“Boi, boi, boi,
Boi da cara preta
Pega esta criança que tem medo de careta.
Não, não, não,
Não pega ele, não.
Ele é bonitinho.
Ele chora, coitadinho!”


1- QUE TEXTO É ESSE?
2- PARA QUE SERVE?
3- PARA QUEM SE DESTINA?
4- ONDE ESTÁ O TÍTULO?

LOCALIZAÇÃO DA PALAVRA BOI.

CANTANDO A MÚSICA

MULTIPLICAÇÃO DE PALAVRAS


Perguntas:

a) O QUE ESTÁ ESCRITO?

b) QUANTAS LETRAS?

c) PINTE AS VOGAIS.

e) RECORTE AS LETRAS

f) MONTANDO OUTRAS PALAVRAS:

SUGESTÕES

BAR
BOTA
BOCA
CARA
RICO
RATO
RABO
CARETA


A LETRA O (MOSTRAR AO ALUNO COMO SE ESCREVE A LETRA O COM OUTROS TIPOS DE LETRA, O NOME DA LETRA E O SOM).

LISTA DE PALAVRAS QUE COMEÇAM COM O

PINTE APENAS AS FIGURAS, CUJAS PALAVRAS SE INICIAM COM A LETRA O



FRASES COLETIVAS

ILUSTRAÇÃO DA CANTIGA

RETOMANDO A CANTIGA: ESSE BOI TEM CARA PRETA, QUE OUTRAS CORES EXISTEM?

VAMOS FAZER UMA LISTA DE CORES?

DO QUE A CRIANÇA DA CANTIGA TEM MEDO?

E VOCÊ?

ORDENE AS FRASES DE ACORDO COM A MÚSICA:

( ) ELE CHORA COITADINHO!
( ) NÃO, NÃO, NÃO.
( ) BOI DA CARA PRETA
( ) PEGA ESSA CRIANÇA QUE TEM MEDO DE CARETA.
( ) ELE É BONITINHO,
( ) BOI, BOI, BOI,
( ) NÃO PEGA ELE NÃO.


AGORA É COM VOCÊ! TROQUE A COR E O MEDO FORMANDO NOVAS RIMAS

BOI DA CARA _____________________
BOI, BOI, BOI
BOI DA CARA ________________________
PEGA ESSA CRIANÇA
QUE TEM MEDO DE______________________

(Pode-se sugerir uma reescrita de memória no dia seguinte.)

Arte

(pesquisando, descobri umas dicas interessantes sobre mandalas em: http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=11519)

Dicas para colorir mandalas:

Imprima a mandala.
Procure um local tranqüilo.
Respire fundo algumas vezes para acalmar sua mente e pinte-a com o material de sua escolha - lápis de cor, hidrográficas, aquarela, guache, giz de cera etc.
Seja espontâneo na escolha das cores.
Siga sua intuição ao decidir pintar sua mandala de dentro para fora ou de fora para dentro. Uma vez decidido, mantenha a direção.
Não deixe áreas em branco. Pinte-as com a cor branca e evite interromper a pintura da sua mandala. Esse tempo é importante para um melhor aproveitamento do “efeito terapêutico” da pintura de mandalas. É um tempo precioso para passar consigo mesmo, se desligar da correria do dia-a-dia e relaxar enquanto se concentra na atividade.
Não se preocupe com o resultado final. Deixe que seja uma atividade prazerosa.
Faça experiências, use cores e materiais de pintura diferentes.
Preste atenção aos pensamentos, idéias, sensações e emoções que irão surgir.
Fundamental: Divirta-se!




Alfabeto móvel - multiplicação de palavras


1- Pinte as consoantes. O que está escrito na ficha?

2- Sugestões para formação de palavras

cama - lama - melava - mara - rela
ama - lava - vara - rema - mela
amava - mala - Vera - ela - ar

3- Entrega do texto - leitura silenciosa

A VACA AMARELA

A VACA AMARELA
OLHOU A JANELA
E VIU O ESPELHO.
SE ACHOU TÃO BELA;
OS OLHOS, AS ORELHAS,
O PESCOÇO, O FOCINHO,
OS DENTES,
TUDO O QUE ERA DELA.

E A VACA AMARELA
DISSE TODA VAIDOSA:
- SOU UMA VACA CHEIROSA,
BELA COMO UMA ROSA!

ELIAS JOSÉ


a) Exploração prévia (oral): - Que texto é esse?

b) Fala do que? Qual o assunto?

c) Leitura individual.

Interpretação de texto

1- Qual o título do texto?

2- Esse texto é:
( ) uma lenda
( ) uma fábula
( ) um poema

3- Qual o nome do autor? Circule no texto.

4- O texto fala de:
( ) um gato
( ) um varal
( ) uma vaca

5- Circule no texto as palavras: olhos, orelha, pescoço, focinho, dentes.

6- Copie do texto o que a vaca disse.

7- Ligue as palavras iguais:


8- Desenhe a vaca amarela.

9- Lista das características das vacas.

10- Observe as figuras e produza um texto

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Substantivo primitivo e derivado

SUBSTANTIVO PRIMITIVO E DERIVADO

Fui à padaria
comprar pão.
Encontrei o padeiro
com a mão no chão.

Fui à livraria
comprar um livro.
Encontrei o livreiro
vendendo livro.

Fui à sorveteria
comprar sorvete.
Encontrei o sorveteiro
mascando chiclete.

Os substantivos do texto podem ser divididos em dois grupos


Você pode notar que:

Os substantivos do grupo 1 não vêm de nenhuma outra palavra – chamam-se substantivos primitivos.

Os substantivos do grupo 2 vêm de outra palavra da língua – chamam-se substantivos derivados.


Empregue substantivos derivados.

1- como se chama a pessoa que:

negocia- negociante
preside –
serve –
estuda –
ouve –

2- a terminação EIRO indica profissão. Forme substantivos derivados acrescentando essa terminação as palavras abaixo:

livro – livreiro
a) pedra –
b) porta –
c) roupa –
d) ferro –
e) sorvete –
f) açougue –

Substantivo coletivo


Leitura silenciosa.
Leitura individual.
Leitura pela professora destacando as palavras mais complexas.

Interpretação verbal, observando a tipologia.

INTERPRETAÇÃO

1- Qual o nome da indiazinha?
2- O que aconteceu com ela e por que?
3- A terra foi regada com o que?
4- Procure no texto duas palavras:
Monossílabas-
Dissílabas-
Trissílabas-
Polissílabas-

5- Circule a palavra tribo. O que significa?

Você sabia que a palavra tribo serve para designar um grupo de ocas? Podemos dizer então que a palavra tribo é um substantivo coletivo.




Substantivo coletivo é aquele que indica um conjunto de elementos da mesma espécie.

LIGUE O CONJUNTO AO SEU COLETIVO



Reescreva as frases substituindo pelo seu coletivo.

1- Naquele rio há uma quantidade enorme de peixes.
2- Em casa tenho muitas fotos.
3- Naquela festa havia muitas pessoas.

Contos de fada - cinderela

Lista de desejos

Discussão sobre fada madrinha, o que elas fazem?
Imagine se aparecesse uma fada madrinha e você pudesse pedir o que quisesse!!
Pense bem...

Socialização dos desejos - cada um lerá o seu.

Convite para o baile – interpretação


Responda

1- Que tipo de texto é esse?
2- Qual a função dele?
3- Quem está enviando este convite?
4- Quem é o destinatário?
5- Onde será realizado o evento?
6- Que evento ocorrerá?
7- Qual o dia?
8- Qual a hora?
9- O que acontecerá nesse evento?
10- O que não pode faltar em um convite?

AGORA faça você - Produção de um convite para o baile de noivado da Cinderela com o príncipe.

TEXTO JORNALÍSTICO

A professora fará a leitura de um texto jornalístico.

Após a leitura abrirei o debate o que é texto jornalístico, qual a função, o que traz um jornal além das reportagens?

Após essa discussão entregarei o seguinte texto para leitura silenciosa.


Interpretação

1- Que tipo de texto é esse?
2- Está tratando de qual assunto?
3- Quem escreveu?
4- Qual é a manchete?
5- Qual o nome do jornal?
6- Qual data foi publicado?

Proposta de produção – Escreva uma notícia contando tudo o que aconteceu no baile do palácio encantado, use sua criatividade, além da Cinderela ter perdido o sapatinho, muitas outras coisas devem ter acontecido. O que foi servido, as que horas terminou. Teve muita música? Havia muitos convidados?

MATEMÁTICA

1- Pense bem:
O jornaleiro do Jornal Encantado vendeu no dia seguinte ao da festa:



a) Qual o período que vendeu mais?
b) E menos?
c) Qual o total de jornais vendidos no período da manhã e da tarde?
d) E nos três períodos?
e) O jornaleiro vendeu cada jornal a R$0,50. Quantos reais ele arrecadou no período noturno?

MATEMÁTICA DA FESTA DA CINDERELA

1- Pense bem:

a) Para a festa de noivado no palácio real foram feitos 9 centenas de brigadeiros, 5 centenas e 3 dezenas de beijinhos e 5 centenas de cajuzinhos. Qual o total de doces feito?

b) À meia noite, já havia sido consumido metade dos docinhos. Quantos o total de doces consumido?

2- Para a decoração da festa foi comprado 8 dúzias de rosas brancas, 7 dezenas de rosas amarelas e 2 centenas de rosas brancas. Qual o total de rosas que foram encomendadas?

CARTA



ESCREVA UMA CARTA PARA ESSA PESSOA QUE VOCÊ PENSOU, CONTANDO AS ÚLTIMAS NOVIDADES.

Multiplicação - dramatização com dedos

Dramatização com dedos

Público alvo - turmas de 2º ano ou alunos que tenham dificuldades nessa área.

Objetivos – Formar o conceito que a multiplicação é a soma de parcelas iguais.

Desenvolvimento – Após a explicação que a multiplicação é a soma de parcelas iguais, a professora solicita que uns cinco ou seis alunos venham a frente e pede que levantem quantidades diferentes de dedos e pergunta: Será que dá para multiplicar? Os alunos percebem que não, pois não são parcelas iguais. A professora pede que o primeiro levante uma quantidade de dedos e que todos os outros levantem a mesma quantidade, a professora levanta questionamentos, “como podemos resolver essa situação?” os alunos que estão na platéia podem resolver com tampinhas, formando os conjuntos, o aluno que levantou os dedos irá fazer a contagem pra ver quanto dá, em seguida é o próximo aluno e assim por diante.
Recursos utilizados – tampinhas ou qualquer outro material concreto e expressão corporal.
Avaliação da intervenção - foram realizadas duas sessões e os alunos se envolveram muito, tanto na participação quanto na busca do resultado.

Multiplicação - jogo de dados

JOGO DE DADOS

Público-alvo - Turma de 2º ano

Objetivos – formar conceitos que envolvam a multiplicação, a partir de situações surgidas em um jogo de dados.

Desenvolvimento – em duplas, um dos alunos joga um dado, o número que sair é o total de grupos ou conjuntos que terão que fazer. Outro aluno joga o outro dado e o número que sair é o total de elementos dos grupos. Os alunos terão que resolver com a ajuda do material dourado a multiplicação que surgiu no jogo, inclusive realizando as trocas de 10 unidades por 1 dezena. Se eles fizerem corretamente o resultado e as trocas com o material dourado ganharão 2 pontos, quem não conseguir atingir o resultado correto, mas tentou, ganha um ponto. Quem nem tentar não pontua. Os pontos podem ser marcados na lousa.

Recursos utilizados – dois dados e material dourado

Multiplicação - jogo de boliche

Objetivos – resolver situações-problema com ajuda de material concreto, formando conceitos que envolvam a multiplicação.

Recursos utilizados – 9 garrafas pet mini, uma bola pequena, um dado, material dourado, folha para registrar.

Desenvolvimento – Dispor os potes ou mini garrafas em fileiras de 4, 3, 2, jogar o dado, o total de números que der no rolar de um dado será o número de conjuntos a serem organizados. Com uma bola pequena tentar acertar os potes ou garrafas. O total de potes que cair será o número de elementos. O aluno terá que resolver com a ajuda do material dourado a multiplicação que surgiu no jogo, inclusive realizando as trocas de 10 unidades por 1 dezena. Se ele fizer corretamente o resultado e as trocas com o material dourado ganhará 2 pontos, quem não conseguir atingir o resultado correto, mas tentou, ganha um ponto. Quem nem tentar não pontua. Os pontos serão colocados na lousa ou numa folha de papel pardo, o aluno pode ter uma folha para acompanhar a pontuação. Ao final das partidas será feita a leitura do gráfico dos pontos, realizando a interpretação dos dados.

Estudo da palavra viva

HEC - Horas de estudo em Conjunto - 29/10/2009
Socialização de saberes interna – experiências bem sucedidas
Professora - Nádia Maria Julian
Público-alvo - alunos não alfabetizados

ESTUDO DA PALAVRA VIVA

Justificativa

No início do ano nossa sala tinha muitos alunos não alfabetizados, mas havia um aluno que não conseguia entender o estudo da palavra, tinha muitas dificuldades em compreender qual era a palavra a ser estudada, o que era o começo ou o fim da palavra, não conseguia abstrair, então coloquei no concreto, chamei alunos para que representassem a palavra a ser estudada, mostrei que quando lemos há uma direção, o aluno conseguiu entender muito mais desse jeito, conseguindo localizar o início e o fim da palavra.
Atualmente o nosso estudo da palavra viva está maior, os alunos gostam muito e sempre perguntam quando terá mais.

Procedimentos

o A palavra a ser escolhida deve fazer parte do assunto que está sendo trabalhado. (nossa turma está trabalhando plantas, dentro desse tema o livro “A menina das borboletas” nos agradou muito, como queríamos focar as margaridas e não as borboletas, optou-se pela palavra MARGARIDA para o estudo).
o Pergunte para a turma, quantas letras precisamos para escrever MARGARIDA.
o Escolha ou peça para uma criança que escolha quem representará cada letra.
o A professora entregará para cada aluno uma letra (meia folha de papel sulfite com a letra escrita com caneta grossa).
o Os alunos organizarão a palavra.
o A professora pedirá que um aluno de cada vez mostre qual é a primeira letra (é para pegar na mãozinha da “letra” e conduzi-la um pouco mais a frente, para que todos vejam), outro aluno mostrará qual é a última letra, as vogais, as consoantes, contar as letras, separar as sílabas e observar quantas sílabas formou. É interessante chamar para realizar essas atividades os alunos que tenham mais dificuldades.
o Para concluir pergunte se tem como formar outras palavras com aquelas letras, os alunos que se prontificarem virão a frente um por vez organizar e todos lerão a palavra.

terça-feira, 19 de julho de 2011

A caixa Maluca

Essas atividades foram pensadas e elaboradas com a ajuda da professora Luciana Rosa.

1º momento – instigando a curiosidade
A professora levará uma caixa decorada com um ponto de interrogação e perguntará o que será que pode ter aqui dentro?
As crianças verbalizarão as hipóteses, que serão redigidas na lousa, gerando uma lista coletiva.




2º momento (1º e 2º passos – explorando o título, levantamento de hipóteses)
Apresentação do livro – coloca-se o título na lousa.
(o professor divide a lousa e faz as perguntas elencadas abaixo, as hipóteses dos alunos serão colocadas na lousa, o aluno não precisa escrever essa parte, apenas participar)

a) Qual será o assunto desse livro?
b) Que tipo de livro é esse? Serão poesias? Lendas, contos de fada, receitas, informativo, conto infantil, h.q.?
c) Quais personagens participam da história?
d) Onde acontecem os eventos?
e) Quando acontece?

3º momento (3º passo - oferecer pistas do que será lido)
Antes de iniciar a leitura, o professor pode dar pistas do que será lido, orientando a atenção do aluno para algum ponto do texto: “A caixa maluca será disputada por vários personagens, preste atenção nos motivos que cada um apresenta para ficar com a caixa”.

4º momento (4º e 5º passo - leitura realizada pelo aluno - tentativa de atribuir sentido ao texto)
Será feita a leitura das ilustrações do livro com a ajuda dos alunos, buscando a compreensão do que será lido, pedindo aos alunos que observem e comentem as expressões de cada animal. O que será que ele está sentindo?

5º momento (6º passo- leitura pelo professor)
A professora fará a leitura confrontando as hipóteses (2º momento)
Ao final a caixa será aberta e conterá balas a serem distribuídas aos alunos.



6º momento (atividades diversas)

Matemática

Quem você acha que devia ficar com a caixa?
Utilizando a caixa surpresa, entregar alguns papéis e fazer a votação de qual animal as crianças gostariam que tivesse ficado com a caixa.
Somar os dados, fazer um gráfico e posteriormente uma tabela de votação.
Através da tabela e gráficos eles irão responder as seguintes perguntas:
a) Qual o animal mais votado?
b) Qual foi o menos votado?
c) Quantos votos o macaco teve a mais que o sapo?




Dramatização - Sugestões - os nomes dos animais estarão escritos em uma ficha e cada aluno pegará um que queira representar. Outra sugestão é confeccionar a máscara dos bichos. Para narrar a história pode ser o professor, ou escolher dois ou três alunos.

Arte com textos – Identificaremos os momentos mais importantes da história.
Será entregue uma folha de papel sulfite, que será dividido pelo aluno em quatro partes. Espera-se que o aluno perceba a seqüência dos acontecimentos, e transporte isso para o papel. A professora incentivará que cada aluno coloque ao menos uma frase em cada quadrinho.





Salada de sílabas
Lista de nomes a serem organizados.

Sapo
Papagaio
Tucano
Jabuti
Leão
Macaco
Galo
Tatu
Pavão
Gato
Paca
Pica-pau
Pato
Jacaré
Leão



3 - QUAIS ANIMAIS QUE :
BOTAM OVOS (OVÍPAROS)- ______________________

____________________________________________

NÃO BOTAM OVOS (MAMÍFEROS) - ______________

______________________________________________
3. ESCOLHA UM DOS ANIMAIS DO CAÇA-PALAVRAS E ESCREVA O QUE VOCÊ SABE SOBRE ELE:


ANIMAL QUE ESCOLHI


_________________________________
_________________________________
_________________________________
_________________________________
_________________________________
_________________________________
_________________________________
_________________________________



• Atividade de leitura – pintura dos animais que estão na lista.
Faça a lista dos animais no seu caderno e separe em sílabas.
Escolha 4 animais e forme frases.




Circule todos os animais que aparecem no texto abaixo. Escreva em seu caderno as palavras que você circulou e separe-as em sílabas.

UM DIA, LÁ DO CÉU...BUM!
CAIU UMA CAIXA NO MATO.
O SAPO VIU E FALOU:
_ UMA CAIXA NO MATO? TÁ NO PAPO. E PULOU ATÉ LÁ, RÁPIDO.
LOGO VEIO O PAPAGAIO, O TUCANO, O JABUTI E O LEÃO.
VEIO O MACACO, VEIO O GALO, O TATU E O PAVÃO.
E TODA A MATA FICOU NUM VAIVÉM ADOIDADO.
MUITO GATO, MUITA PACA, MUITO PICA-PAU, MUITO PATO...

PARA ENCERRAR AS ATIVIDADES COM O LIVRO PODE-SE PEDIR AO ALUNO UMA REESCRITA DA HISTÓRIA.

domingo, 19 de junho de 2011

Pipocas

VOCÊ GOSTA DE PIPOCA?

PIPOCAS
ROSEANA MURRAY

PIC-POC-PIC-POC.
O PIPOQUEIRO PIPOQUEIA O DIA INTEIRO.
PANELA DO PIPOQUEIRO
ENCHE A CIDADE DE CHEIRO
E OS DENTES DE DESEJO.
- PIPOCA DOCE OU SALGADA?
PERGUNTA O PIPOQUEIRO
- NEM DOCE NEM SALGADA, EU QUERO É POPICA MISTURADA,
NUM SACO BEM GRANDE DO TAMANHO DE UM GIGANTE

ESTUDO DO TEXTO

1- QUAL O TÍTULO DESSE TEXTO?_____________________________
2- QUEM É O AUTOR?______________________________________
3- CIRCULE A PALAVRA PIPOQUEIRO. QUANTAS VEZES ELA APARECE NESSE POEMA?____________________
4- VOCÊ PREFERE PIPOCA DOCE OU SALGADA?_______________
5- O QUE VOCÊ ACHA QUE QUER DIZER “O PIPOQUEIRO PIPOQUEIA O DIA INTEIRO”?_________________________________________________
6- ESCREVA O NOME DOS ALIMENTOS QUE VOCÊ MAIS GOSTA.
R: ___________________________________________________
7- COMPLETE O QUADRO ABAIXO COM OS NOMES DOS ALIMENTOS QUE COMEÇAM COM AS LETRAS DO ALFABETO.

8- ESCOLHA UM ALIMENTO E FORME UMA FRASE

_________________________________________________________

Estudo da palavra e caça-palavras (ar, er, ir, or,ur)


(sublinhe a palavra porta no texto)
o Estudo da palavra PORTA
1ª LETRA-
ÚLTIMA LETRA-
VOGAIS-
CONSOANTES-
TOTAL DE LETRAS-
TOTAL DE SÍLABAS-
Palavras que tenham
AR-
ER-
IR-
OR-
UR


o Circule os seres vivos.
o Coloque as palavras acima em ordem alfabética, separe as sílabas.
o Faremos frases coletivas e na seqüência cada aluno contará as palavras de cada frase.

Gráficos e tabelas


Responda
1- Quantas são as joaninhas?
2- Há mais porcos ou joaninhas?
3- Há menos gatos ou ratos?
4- Pinte a barra que mostra o maior número de animais.

Interpretação de gráficos e tabelas

Gráficos e tabelas com animais

RESPONDA:
1- QUAL O NOME DOS BICHOS QUE APARECEM NO GRÁFICO?

________________________________________

_________________________________________

2- NO DESENHO, QUAL O ANIMAL QUE APARECE MAIS VEZES?
R: _________________________________
3- QUE ANIMAL APARECEU MENOS VEZES?
R: _________________________________
4- HÁ MAIS PEIXES OU PATOS?
R: _________________________________
5- HÁ MENOS CAVALOS OU CACHORROS?
R: _________________________________
6- SE JUNTARMOS VACAS E CAVALOS, QUAL SERÁ O TOTAL?

O porquinho feio

O porquinho feio


Era uma vez uma mamãe pata que tinha cinco filhotes. Quatro deles eram os patinhos mais lindinhos, fofinhos e amarelinhos que você pode imaginar.
Mas o quinto era cor de rosa, tinha focinho e um rabinho enrolado.
“Ele é muito crescido para a sua idade”, pensava mamãe pata. “Será que ele é um filhote de peru como todos dizem?”
Mamãe pata levou seus filhotes para a aula de natação no lago. Todos os patinhos pularam logo na água, até o cor de rosa, apesar de ele não nadar tão bem como seus irmãos.
“Bem, aquele patinho com certeza não é um peru!”, pensou sua mãe.
No dia seguinte, chegou a hora de grasnar. Mamãe pata soltou um QUAC e cada um de seus filhotes a imitou.
Mas, quando chegou a vez do patinho cor de rosa, no lugar de QUAC, ouviu-se ÓINC!
―Ele não é um pato! –gritaram todos. ―Ele é um porquinho feio, e não pertence ao nosso meio!
E, assim dizendo, enxotaram o porquinho dali.
Cansado, faminto e abandonado, o porquinho feio vagou durante vários dias em busca de um novo lar.
Mas nem o passarinho lhe dava atenção.
―Suma daqui, seu porquinho feio! – gritavam, assim que o viam.
Um dia, o porquinho feio chegou a uma fazenda, e viu alguns porcos.
Aproximando deles falou:
― Eu sei que sou um porquinho feio, mas será que posso ficar aqui, morando com vocês?
― Um porquinho feio?! – eles exclamaram.
―Você é o porco mais lindo que já vimos!
E, daquele dia em diante, ele viveu feliz para sempre.

(Sugald Steer – São Paulo: Brinque-Book,1999)

Contagem da história pelo aluno
Com a ajuda das figuras encontradas no blog: http://amagiadashistorias.blogspot.com
Os alunos contarão a história do porquinho feio. Pode-se utilizar as figuras para que eles façam a reescrita da história em um outro dia.







• Daremos um nome para a fazenda que o porquinho foi morar.

• Alfabeto móvel – com a ajuda dos alunos faremos uma lista de coisas (animais ou plantas) que podem ter na fazenda que o porquinho está morando.

• Estudo da palavra - PORQUINHO
1ª letra-
Última letra-
Vogais-
Consoantes-
Total de letras-
Total de sílabas-

Lista de palavras que tenham as sílabas:
POR -
QUI -
NHO-

Matemática

1- NA FAZENDA DO PORQUINHO-COR-DE-ROSA TEM UM LINDO POMAR.

OLHE O GRÁFICO E RESPONDA.



a. QUAL É A ÁRVORE FRUTÍFERA QUE TEM EM MAIOR QUANTIDADE?

R _________________________________________

b. E O QUE TEM MENOS?

R: ________________________________________

c. QUAL O TOTAL DE MANGUEIRAS E JABUTICABEIRAS?


R _________________________________________

d. QUAL O TOTAL GERAL DE ÁRVORES FRUTÍFERAS DA FAZENDA?


R ___________________________________________


2- SEU JOAQUIM MORA NA FAZENDA DO PORQUINHO COR-DE-ROSA E RESOLVEU FAZER UMA HORTA. NESSA HORTA ELE FEZ VÁRIOS CANTEIROS. LEIA A TABELA E RESPONDA AS PERGUNTAS.

a) O QUE MAIS TEM NA HORTA DO SEU JOAQUIM?____________
b) QUANTOS CANTEIROS SEU JOAQUIM FEZ DE PEPINO? _________
c) E DE RABANETE?____________________
d) QUAL A QUANTIDADE DE CANTEIROS QUE ELE FEZ?____________________

O POMAR É O LOCAL ONDE SE PLANTAM FRUTAS.
A HORTA É O LOCAL ONDE SE PLANTAM LEGUMES E VERDURAS.

3- LEIA AS PALAVRAS E DESCUBRA O QUE FOI PLANTADO EM QUAL LUGAR.

Casa de bruxa

QUE SUJEIRA!

CASA DE BRUXA TEM RATO
SAPO, MORCEGO E CORUJA
PRA QUE É QUE SERVE A VASSOURA
SE A CASA DELA É TÃO SUJA?

ESTUDO DO TEXTO

1- O QUE TEM NA CASA DA BRUXA?
R: __________________________________

2- O QUE MAIS PODE TER NA CASA DA BRUXA?
R: ___________________________________________

3- PARA QUE SERÁ QUE A BRUXA USA A VASSOURA?
R: ___________________________________________

4- VAMOS LIMPAR A CASA DA BRUXA?

LISTA DE MATERIAIS DE LIMPEZA.(PODE-SE FAZER ESSA LISTA COM A AJUDA DO ALFABETO MÓVEL)


MATEMÁTICA



a) QUAL O PRODUTO MAIS CARO?
b) QUAL O PRODUTO MAIS BARATO?
c) MAMÃE COMPROU 2 DETERGENTES, UMA CAIXA DE SABÃO EM PÓ E UM RODINHO. QUANTOS REAIS MAMÃE GASTOU?

sábado, 18 de junho de 2011

Receita de bolinho assado

A receita desse bolinho deu muito certo, após todas aquelas atividades surgidas com a história do livro O caso do bolinho, as crianças amaram fazer a massa e principalmente saborear.
Depois de assado nós recheamos com massa de brigadeiro mole, ficou divino.....


Receita de Bolinho de chuva assado

Ingredientes
• 1/2 lata de leite condensado
• 1/2 lata de creme de leite
• 2 xícaras chá farinha de trigo
• 1 colher sopa de açúcar
• 1 colher sopa fermento em pó
• 1 ovo
• 1 colher de óleo para untar
Modo de preparo

• Em uma tigela misture primeiramente o ovo, o fermento em pó, o açúcar, o leite condensado e o creme de leite
• Após, adicione a farinha de trigo e misture bastante até que fique homogêneo e meio grudenta
• Unte uma forma com óleo e farinha de trigo
• Pegue montinhos da massa(1 colher pequena) e monte individualmente na forma, dando um espaço entre um montinho e outro, pois quando vai ao forno, eles crescem um pouco
• Leve ao forno médio por 30 minutos

Salada de sílabas - QU

Salada de sílabas - ão

Palavras com CH

Frases CH

Salada de sílabas


Sugestão de nomes a serem organizados.

CHAPÉU
CHAVE
LANCHE
CHINELO
CHOCOLATE
CHUCHU
CHUVA
CHUTE

COLE AS PALAVRAS

CHAVE
CHINELO
CHOCOLATE
LANCHE

COMPLETE AS FRASES COM AS PALAVRAS ACIMA.

A) EU GOSTO DE BOLO DE _________________________.
B) ESQUECI A _____________________DA CASA.
C) GOSTO DE __________________COM QUEIJO E PRESUNTO.
D) MEU _____________________QUEBROU.

domingo, 12 de junho de 2011

O caso do bolinho


SUGESTÕES:

O CASO DO BOLINHO
Era uma vez um vô e uma vó. Um dia o vô acordou e disse:
- Vá, minha velha, e faça um bolinho gostoso pra gente comer.
A Velha pegou dois punhados de farinha, recheou a massa com creme de leite, formou um bolinho redondinho e pôs fogo pra assar.
O bolinho ficou dourado e cheiroso, e a vó o colocou na janela pra esfriar.
No começo o bolinho ficou lá, bem quieto.
Mas logo cansou de estar parado e começou a rolar.
Rolou da janela pra cadeira, da cadeira pro assoalho, do assoalho pra porta, e foi rolando pela porta afora até cair no quintal.
E foi rolando e rolando, do quintal pra porteira e da porteira pra fora, até chegar na estrada. E lá se foi o bolinho rolando pela estrada, até que encontrou uma lebre.
- Bolinho, Bolinho, eu vou papar você - disse a lebre.
- Não me pape não, dona lebre - disse o Bolinho.
- Deixe eu cantar uma canção pra você:
"Eu sou um Bolinho,
Redondo e fofinho,
De creme recheado,
Na manteiga assado,
Deixaram-me esfriando,
Mas eu fugi rolando!
O vô não me pegou,
A vó não me pegou,
Nem você, dona Lebre,
Vai me pegar!"
E saiu rolando, antes que a Lebre pudesse piscar um olho.
Rola que rola, até que encontrou um Lobo.
- Bolinho, Bolinho, eu vou papar você - disse o Lobo.
- Não me pape não, deixe eu cantar uma canção pra você:
"Eu sou um Bolinho,
Redondo e fofinho,
De creme recheado,
Na manteiga assado,
Deixaram-me esfriando,
Mas eu fugi rolando!
O vô não me pegou,
A vó não me pegou,
A Lebre não me pegou,
Nem você, Lobo bobo,
Vai me pegar!"
E saiu rolando, antes que o Lobo pudesse piscar um olho. Rola que rola, até que encontrou uma Raposa.
- Bolinho, Bolinho, pra onde vai rolando? - perguntou a Raposa.
- Pela estrada afora, como você está vendo.
- Bolinho, Bolinho, cante-me uma canção - pediu a Raposa. E o Bolinho cantou:
"Eu sou um Bolinho,
Redondo e fofinho,
De creme recheado,
Na manteiga assado,
Deixaram-me esfriando,
Mas eu fugi rolando!
O vô não me pegou,
A vó não me pegou,
A Lebre não me pegou,
O Lobo não me pegou,
Nem você, dona Raposinha,
Vai me pegar!"

E a Raposa disse então:
- Que bela canção, Bolinho!
Pena que eu sou dura de ouvido, não escuto muito bem. Lindo Bolinho, pula no meu focinho, fica mais pertinho, pra ouvir você direitinho!
O Bolinho pulou no focinho da Raposa, e a Raposa, nhoc!, papou o Bolinho!!!!

TATIANA BELINKY

Para alunos em fase de alfabetização:

- explorar o título com o uso do alfabeto móvel, formando outras palavras;
- salada de sílabas que dê para formar palavras que estejam na história, por exemplo o nome dos animais.
- reescrita de memória da música que aparece no livro (texto fatiado, coletivo, individual - eles amam a música e decoram rapidamente) - essa reescrita pode ser trabalhada no dia seguinte após preparar e degustar o bolinho - geralmente os alunos cantam a música quando a receita está sendo preparada e a professora pode incentivar.


Após a exploração do título, da capa e  leitura do livro "O caso do bolinho" de Tatiana Belinky,
escolhi uma figura e interpretamos, inserindo a matemática.



INTERPRETAÇÃO DE FIGURA

1- QUEM É ESSA PERSONAGEM?________________
2- DÊ UM NOME A ELA:________________________
3- ONDE ELA ESTÁ____________________________
4- O QUE ELA FEZ?____________________________
5- POR QUE ELA FEZ?__________________________

6- SE A VOVÓ FEZ 23 BOLINHOS E O VÔ COMEU 11. QUANTOS BOLINHOS RESTARAM? FAÇA O DESENHO E A CONTA.




R: ______________________________________

7- PARA UMA FESTA VOVÓ FEZ BOLINHOS DE DIVERSOS TIPOS. OBSERVE OS RECHEIOS E AS QUANTIDADES:

BOLINHO DE CREME............... 14
BOLINHO DE CHOCOLATE........... 24
BOLINHO COM GOIABADA........... 11

a) QUAL O BOLINHO QUE ELA FEZ EM MAIOR QUANTIDADE?

______________________________
b) QUAL BOLINHO QUE ELA FEZ EM MENOR QUANTIDADE?

___________________________
c) QUAL O TOTAL DE BOLINHOS QUE ELA FEZ?


R: _________________________________________

d) SE VOCE PUDESSE ESCOLHER, QUAL SABOR DE BOLINHO ESCOLHERIA? E QUANTOS COMERIA?


                                 

                                            RECEITA DE BOLINHO


A receita desse bolinho deu muito certo, após todas as atividades surgidas com a história do livro O caso do bolinho, as crianças amaram fazer a massa e principalmente saborear.
Depois de assado nós recheamos com massa de brigadeiro mole, ficou divino.....


Receita de Bolinho de chuva assado

Ingredientes
• 1/2 lata de leite condensado
• 1/2 lata de creme de leite
• 2 xícaras chá farinha de trigo
• 1 colher sopa de açúcar
• 1 colher sopa fermento em pó
• 1 ovo
• 1 colher de óleo para untar

Modo de preparo

• Em uma tigela misture primeiramente o ovo, o fermento em pó, o açúcar, o leite condensado e o creme de leite
• Após, adicione a farinha de trigo e misture bastante até que fique homogêneo e meio grudenta
• Unte uma forma com óleo e farinha de trigo
• Pegue montinhos da massa(1 colher pequena) e monte individualmente na forma, dando um espaço entre um montinho e outro, pois quando vai ao forno, eles crescem um pouco
• Leve ao forno médio por 30 minutos.

Recheio opcional

Bom apetite!!!!


Escolha dois personagens e forme frases.